Em curso:

Etnoficção - Doutorado de fundamento prático em teatro aplicado e filmes etnográficos

· O Documentário

· A Etnoficção

· Publicações

 
 

filmes


Cena do filme Nada pode nos parar! (Direção: Sjöberg, Suécia 2006)

TRAILER

fatoficção.se produz filmes de vídeo digital e também oferece captura e realização de imagens para documentários de produções externas.

A empresa é dirigida por Johannes Sjöberg, que trabalha de forma autônoma como cameraman e diretor de vídeos digitais desde 2001.

A tecnologia de câmera digital libertou técnica e economicamente o gênero de documentários desde a metade dos anos 90, abrindo-se para todo o mundo. Podendo contar com tecnologia manejável e preços razoáveis, o diretor dos vídeos digitais agora aproxima-se do autor já que ganhou liberdade e independência.

No entanto, acesso à tecnologia não é sinônimo de qualidade, pois hoje, mais do que nunca precisamos de uma boa história e de alguém que a conte bem.


Cartaz do filme Roadtrip (Direção: Searle, Reino Unido 2003 / Segundo cameraman: Sjöberg)

fatoficção.se produz documentários de entrevistas e observacionais, como também aqueles que se posicionam entre esses dois gêneros. A empresa é especializada em documentários etnográficos, documentários spoofs e etnoficções.

O documentário etnográfico pode ser encontrado em algum lugar entre antropologia visual e apresentacões populares para televisão e cinema. O objetivo é propagar um entendimento complexo sobre as diversas variações culturais.


Foto do filme Long Time No See (Direção: Sjöberg, Guatemala e Reino Unido/2001)

TRAILER

O limite entre verdade e mentira é ético; aquele entre fato e ficção é estético. Quando o diretor de filmes de ficção usa técnicas de documentário, e o documentarista usa artes cênicas, eles transitam pela área de fronteira entre fato e ficção. Uma terra de ninguém, onde o narrador brinca com nossas associações.

O documentário spoof ('documentário falso') escarnece o gênero documentário e usa o formato como uma plataforma de sátira, ironia e paródia.

A etnoficção é um gênero de filmes onde o diretor pede a seus informantes que improvisem suas histórias em frente da câmera num espírito colaborativo. As improvisações são usadas para revelar aspectos da cultura estrangeira que são difíceis de pesquisar e apresentar.

fatoficção.se aspira a ser uma referência em filme e mídia, como também estar apta a educar e a entreter, movimentando-se na fronteira entre fato e ficção.